ETE: Tudo o que você precisa saber

 em Ambiental, Produção

Você já pensou no quanto sua empresa pode economizar com um sistema de tratamento de esgoto? Além disso, a partir do tratamento dos efluentes, estará também contribuindo para a preservação de nascentes, rios, lagos e mares, evitando a contaminação do meio ambiente. Leia o artigo e saiba tudo sobre a ETE! 

O que é uma ETE? 

A estação de tratamento de esgoto (ETE), é a unidade operacional do sistema de esgotamento sanitário que através de processos físicos, químicos ou biológicos removem as cargas poluentes do esgoto, devolvendo ao ambiente o produto final, efluente tratado, em conformidade com os padrões exigidos pela legislação ambiental.

 

O que é feito durante o tratamento? 

Durante o tratamento do esgoto são feitas algumas etapas, confira quais são elas: 

1- Gradeamento 

Assim que o esgoto chega à estação, é feita a etapa do gradeamento, onde são retirados resíduos sólidos como fraldas, roupas, papel higiênico e até calçados.

2-  Desarenador

Nesta etapa, a estrutura retém areia e outros resíduos menores que ficaram depois do gradeamento.

3- Reator Anaeróbio 

O efluente passa por tanques fechados na presença de bactérias anaeróbias, para degradação da matéria orgânica.

4- Filtro biológico aerado 

É nessa etapa ainda que acontece o segundo passo do tratamento biológico, na presença de bactérias aeróbias. O efluente passa por filtros de brita onde ocorre a injeção de oxigênio.

5- Decantação

Os resíduos sólidos são decantados, se estabelecendo no fundo do tanque, para posterior retirada por meio de raspagem. É adicionado coagulante para remoção de nutrientes e o líquido coletado na parte superficial segue para desinfecção.

6- Desinfecção

Nesta etapa é feita a adição de produto químico sanitizante ao efluente líquido ou encaminhamento do mesmo a uma unidade com plantas macrófitas (aquáticas), removendo os vírus, bactérias e outros micro-organismos.

 

Quais os benefícios de uma ETE para empresas? 

Diversos setores podem se beneficiar com uma ETE, confira abaixo algumas vantagens:

1- Limpa o efluente industrial e o recicla para uso posterior;

2- Reduz o uso de água nas indústrias;

3- Redução de custos

4- Cumprimento das legislações ambientais e evita multas;

5- Preserva o meio ambiente e ajuda a melhorar a imagem da empresa.

 

Quais estabelecimentos precisam de uma ETE? 

São diversos os empreendimentos que necessitam de uma ETE, mas apenas para citar alguns: Construção civil (efluentes sanitários e lama bentonítica) Fábricas de cerâmicas. Indústria de bebidas (refrigerantes, destilados, fermentados, sucos, bebidas lácteas entre outras).

 

Por que contratar uma empresa especializada em ETE? 

É muito importante realizar o tratamento de efluentes com o auxílio e os serviços de uma empresa especializada, pois é preciso seguir uma série de etapas para que possam ser descartados com segurança ambiental e dentro das normas vigentes.

A Resolução CONAMA n.º 430 é a norma que direciona o descarte de efluentes e estabelece os padrões para a carga poluidora que devem ser atendidos por toda empresa. Empresas que deixam de atender a lei podem sofrer autuações que vão desde pesadas multas, até a suspensão ou paralisação das atividades.

Como podemos te ajudar ? 

Adeque a destinação dos efluentes gerados pela linha de produção de sua empresa, garantindo a solução mais prática e menos custosa! Entre em contato e peça já a solução dos seus problemas

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

PGRS