Sua estratégia para gerenciar resíduos de alimentos é eficiente?

A indústria de alimentos é um mercado que atinge crescimentos exponenciais, em virtude da necessidade populacional. Isso implica em uma ampla demanda de produção de alimentos, cenário atrativo para investidores que buscam grandiosidade.


A consequência deste mercado em constante crescimento é a sua enorme geração de resíduos. De acordo com a FAO (Food and Agriculture Organization), um terço dos alimentos não chegam a consumidores.


Então, para onde vão as toneladas de resíduos?




Fonte: Panorama dos Resíduos Sólidos 2017 – Abrelpe



Este é o panorama geral da destinação de resíduos sólidos no Brasil.


O cientista John Beddington descreve nosso futuro como “uma tempestade perfeita”, ao somar a poluição gerada por alimentos com mudanças climáticas. A grande maioria do lixo não é manuseada de forma adequada, podendo causar danos irreversíveis, como a contaminação dos lençóis freáticos.


Assim, grande sucesso não está somente na produção de alimentos em si, mas também no manuseio de suas etapas, principalmente a de descarte. O futuro exige inovações sustentáveis, com um vasto mercado que irá depender das “tecnologias verdes”.


Felizmente, já temos algumas alternativas dos quais podemos usufruir. Além de contribuir para o meio ambiente, pode gerar um retorno econômico para você e sua empresa! Clique aqui para resolver os seus problemas com Resíduos!




Biodigestores


Um biodigestor é um compartimento que utiliza resíduos orgânicos para geração de energia renovável. Microorganismos decompõem dejetos, de restos de almoço até efluentes de uma planta de tratamento, para gerar gás metano, destinado como combustível em fogões de cozinha ou geradores elétricos.


Além disso, o resíduo sólido pode ser reaproveitado como fertilizante!


Composteiras


Mais simples do que um biodigestor, pode ser adaptado até para um apartamento. Existem alguns tipos diferentes de composteiras, mas todas com o mesmo objetivo: gerar húmus, material fertilizante natural. Pode ser de uso próprio, ou até destinado para o comércio, gerando um ganho secundário para quem opta por esta utilidade.


Versatilidade


A criatividade é livre! Há inúmeras formas de reciclar seu lixo e assim gerar ingredientes funcionais. Por exemplo, óleo utilizado em cozinha pode virar sabão, e matéria prima renovável, como milho, pode virar embalagens biodegradáveis! Há um crescente investimento nesta área, graças aos movimentos de preservação ecológica.


Neste contexto, um dos maiores desafios da humanidade é buscar uma forma de suprir as necessidades da população, sem prejudicar o meio ambiente de uma forma insustentável e avassaladora.


Terceirização


Este é o método mais simples, como o trabalho de destinar os resíduos vira o dever de outra pessoa/empresa. Porém, é o que sai mais caro também, por ser um investimento sem retorno econômico, além de pagar pelos serviços do terceirizado.


É necessária uma pesquisa de mercado para tomar reconhecimento da melhor opção disponível, tanto economicamente, quanto nas procedências legais do empregado.



Quer melhorar ainda mais a sua empresa? Entre em contato conosco para ajudarmos!

A CATALISA é a Empresa Júnior do curso de Engenharia Química da UFRGS. Formada por graduandos dos cursos de Engenharia, conta com o apoio de um renomado corpo docente. Seus consultores oferecem os melhores serviços personalizados, promovendo soluções de qualidade para o seu negócio.

CONTATO
(51) 3308-4076
ATENDIMENTO

Avenida Paulo Gama, 110 

Porto Alegre - RS

De segunda à sexta 
08:00 - 12:00
13:30 - 17:30
  • LinkedIn Catalisa