Saiba tudo sobre o Manual de Boas Práticas de Fabricação

 em Produção

Descubra como obter um documento importantíssimo para o funcionamento de seu estabelecimento.

 

O que são Boas Práticas de Fabricação?

 

As Boas Práticas de Fabricação (BPF) são um conjunto de procedimentos obrigatórios criados para garantir um padrão mínimo de qualidade nos processos de fabricação, armazenagem, transporte e comercialização de diversos gêneros de consumo, principalmente aqueles cuja utilização irregular possa causar riscos à saúde da população. No mercado brasileiro, esses procedimentos estão diretamente associados ao segmento de alimentação

Sua função é trazer o máximo de detalhes possível, de modo que um usuário comum (e não um especialista) consiga compreender a dinâmica de funcionamento. Na área de produção, o Manual de Boas Práticas de Fabricação segue essa linha, devendo retratar o funcionamento do estabelecimento, descrevendo os requisitos essenciais de higiene e os procedimentos que devem ser adotados por todos os funcionários. 

Eu preciso de um manual de BPF? 

Oferecer ao cliente um alimento seguro e de qualidade é um pré-requisito para conquistar a preferência, certo? Além disso, a legislação brasileira exige que todas as empresas do setor de alimentos façam o uso das BPF e que estas estejam devidamente documentadas em um Manual.

Porém, sem o Manual de Boas Práticas de Fabricação não é possível obter a liberação de funcionamento do estabelecimento pela ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Empresas em atuação que não possuem as Boas Práticas implementadas e documentadas podem sofrer multas, ser interditadas por um período específico ou até fechadas permanentemente.

 

O que o meu Manual deve conter?

 

O manual deve especificar todos os procedimentos de controle para cada etapa do processamento, desde a limpeza do ambiente, a matéria-prima, a seleção de fornecedores, pré-preparo, preparo, embalagem, armazenamento, transporte, distribuição até a exposição à venda para o consumidor.

Essa especificação é feita através dos Procedimentos Operacionais Padronizados (POP) e das planilhas de registro. Portanto, ela deve atender à legislação sanitária em vigor. Sempre que houver mudanças nos procedimentos, nas atividades, na estrutura física ou em outros itens, o manual deve ser atualizado e os colaboradores devidamente treinados.

O manual deve ser funcional e ter uma linguagem acessível, de modo que possa ser efetivamente seguido pelos colaboradores diariamente. Não se trata de um documento burocrático para atender a uma exigência legal, mas um guia prático e aplicável.

Agora você deve estar se perguntando: existe algum modelo pronto para esse documento? A resposta é não! O Manual deve ser personalizado para cada empresa, sendo uma reprodução fiel da realidade e não de como deveria ser. Portanto, ele é estruturado de acordo com os processos executados e particularidades de cada empresa.

Se você tem o sonho de abrir um estabelecimento alimentício ou já trabalha nesse setor, e agora sabe tudo sobre boas práticas de fabricação, chegou a hora de dar o próximo passo. 

Para mais informações entre em contato conosco. Na CATALISA nós garantimos um Manual de BPF personalizado para cada estabelecimento assegurando a eficiência e qualidade.


Postagens Recentes

Deixe um Comentário

análise de layout