Como e por que reaproveitar seus resíduos?

 em Ambiental
A necessidade de reduzir os impactos ambientais na sociedade vem permitindo ao setor industrial intensificar o reaproveitamento dos resíduos gerados nos processos produtivos. Além da redução de custos com o descarte, a reutilização destes materiais pode resultar em benefícios consideráveis para as empresas, transformando o que iria para o lixo em lucro.
 
É muito variado o processo de produção industrial, o que gera grande variedade de resíduos. A liberação desses resíduos da indústria para o ambiente pode causar a poluição do ar, da água e do solo. Os resíduos industriais são atualmente considerados um grande problema ambiental, devido ao volume gerado, a presença de materiais perigosos ao meio ambiente, à saúde pública e à dificuldade de se conseguir áreas para a sua disposição. Assim, torna-se muito importante para cada indústria conhecer seus resíduos gerados, principalmente quanto a sua periculosidade, as formas adequadas de armazenamento e, principalmente, a possibilidade de reaproveitamento destes. Atitudes como essas, fazem com que o nível de poluição e impactos causados por esses despejos sejam reduzidos, além de conscientizar a sociedade.
 
Vale ressaltar ainda que alguns órgãos fiscalizadores exigem das empresas licenças que são renovadas a cada período, que estabelecem as condições para que o empreendimento cause o menor impacto possível ao meio ambiente tornando esse método um dos mais alcançáveis e de maior resultado quanto à preservação do meio ambiente.

Mas e como eu posso fazer para reutilizar meus resíduos?

É necessário que você utilize tecnologias que visem à recuperação energética dos resíduos urbanos, desde que tenha sido comprovada sua viabilidade técnica e ambiental. Para isso, é fundamental que você implemente em sua fábrica um programa de monitoramento de emissão de gases tóxicos aprovado pelo órgão ambiental.
 
Algumas dessas tecnologias que podem ser colocadas em prática, conforme a produção, são:
 
  1. Tratamento fisico-químico: para reaproveitar resíduos para combustível alternativo ou como agregados de matéria-prima. Após esse tratamento fisico-químico dos efluentes, os resíduos gerados são encaminhados para reutilização. O reaproveitamento se dá como combustível alternativo em fornos de cimento, por exemplo. Já bombonas e tambores devem ser enviados para a descontaminação e reutilização em empresas licenciadas. Por último, os óleos residuais devem ser armazenados e enviados para empresas devidamente licenciadas para realizar o re-refino, que permitirá o reaproveitamento do material.
  2. Tratamento Biológico: para reaproveitar resíduos fossas, caixa de gorduras, chorume e efluente biodegradáveis. Através de tratamento, esses resíduos podem geram um fertilizante orgânico.
  3. Compostagem Orgânica: para reaproveitar restos de alimentos, bagaços em geral, produtos vencidos cavaco de madeira e materiais filtrantes de agroindústria. Esses resíduos orgânicos podem passar pelo processo de compostagem e ser reaproveitados como adubo. Todo lodo de esgoto gerado no tratamento biológico também pode ser aproveitado na compostagem. Esse composto é registrado no Ministério da Agricultura como produto de uso seguro na agricultura.
Para que resíduos possam ser reutilizados, a fabricação de produtos devem possuir características que permitam a reutilização desses. A reutilização de resíduos tem como fim prolongar a vida útil de um produto no mercado. Produtos desta categoria devem possuir uma indicação de quantos ciclos de produção podem passar sem afetar suas características principais. E, com um suporte especializado, torna-se possível determinar estes ciclos sem que haja perda de qualidade e de produtos por inexperiência no assunto.

Qual é a importância de reutilizar meus resíduos?

Dentre os vários benefícios que se pode conseguir estabelecendo esse sistema de reaproveitamento, citamos aqui quatro deles que acreditamos ser os principais, mais necessários atualmente e os de maior eficiência para o meio industrial.
  • Preservar o meio ambiente. Os rejeitos industriais podem causar altíssimos danos à natureza se descartados de forma inapropriada. Com o reaproveitamento deles, há uma significativa diminuição de dejetos que é destinado ao ecossistema, diminuindo, assim, os danos por poluição atmosférica, de rios e do solo, que também acarreta em menos danos causados a animais que têm o habitat poluído.
  • Eliminar práticas nocivas à saúde. Além do impacto negativo ao meio ambiente, os resíduos industriais podem causar graves danos à saúde de indivíduos que convivem em áreas atingidas por esses dejetos. Esses danos consistem em doenças graves e, muitas vezes, irreparáveis, como tumores hepáticos. Com o reaproveitamento dos resíduos, o impacto negativo é significativamente minimizado.
  • Gerar retorno financeiro para a sua empresa. Diferentemente do tratamento, que necessita de gastos para sua realização, seguido do descarte, o reaproveitamento dos dejetos pode ser visto como um investimento. Uma vez que, a grande variedade de resíduos pode gerar inúmeras formas de reutilização. E consequentemente, podem apresentar diversas aplicações em áreas que vão desde a reciclagem simples à construção civil. Essa pode ser uma excelente fonte de renda extra para indústrias como a sua. Pois compensa boa parte do custo de produção e potencializa o lucro com projetos, sínteses e outros tipos de operação. Em princípio, esse retorno pode ocorrer com a formação de parcerias com empresas diferentes, mas, mais do que isso, é possível o reaproveitamento do resíduo pela própria empresa, gerando oportunidades e alternativas.
  • Investir no Marketing Verde. Com o crescimento do número de indústrias, há a potencialização de uma preocupação social: a preservação do meio-ambiente. Sendo assim, ideais como o Desenvolvimento Sustentável tornaram-se quase obrigatórios às empresas. Tais preocupações se caracterizam pela urgente necessidade de diminuirmos os danos da sociedade ao ecossistema. Com isso, indústrias que investem em iniciativas como o reaproveitamento de seus resíduos, possuem uma credibilidade consideravelmente maior, ganhando prioridade de escolha para a maioria das pessoas. Essa estratégia de marketing verde consiste no atendimento do anseio de clientes no quesito de sustentabilidade nos processos que acontecem dentro de uma indústria. É conhecido também como Marketing Ambiental, e gera vantagem tanto para as empresas, quanto para os clientes e a sociedade como um todo é beneficiada por esse tipo de iniciativa.
 
Gostou da ideia de investir no reaproveitamento dos resíduos da sua indústria? Entre em contato conosco! A CATALISA possui o direcionamento ideal e pode facilitar muito esse processo para você!
Postagens Recomendadas
Comentários
  • Beloni Maria Nardi
    Responder

    Eu acho maravilhoso esse trabalho realizado por vocês. Que Deus os abençoem.

Deixe um Comentário