O que é e para que serve uma Análise de Viabilidade?

 em Produção

A Análise de Viabilidade é um projeto necessário para todo tipo de negócio, desde microempresas familiares até para grandes indústrias. A questão que traz o diferencial para o empreendedor é a forma que esta análise será feita.

Basicamente uma Análise de viabilidade é um estudo para ver se certo investimento vale a pena ou não. Ou seja, irão ser comparados os investimentos (financeiros, tecnológicos e logísticos) e os possíveis retornos gerados para a empresa, de forma a ser escolhida a melhor alternativa.

Um estudo detalhado do mercado, da capacidade da fábrica e da viabilidade do produto são essenciais para tirar uma ideia do papel. A qualidade dessa pesquisa, muitas vezes, pode determinar se um projeto será bem sucedido ou não.

Confira agora alguns dos passos essenciais para realizar uma Análise de Viabilidade:

Análise de Mercado

Antes de tudo é necessário saber se há uma real demanda para um novo projeto, ou seja, se ele vai vender ou se realmente trará benefícios à fábrica.

No caso de um produto, primeiramente, temos que saber: Há uma demanda grande para este produto? Se não, será que não vale a pena criar essa necessidade? Por exemplo,as pessoas não sabiam da necessidade da existência do tablet antes do seu lançamento no mercado. 

Para quem ele será vendido? Será uma venda sazonal? Quais as tendências do cenário nessa área atualmente?Essa ideia já existe no mercado? Etc.

Muitas dessas informações podem ser coletadas usando a internet ou pela observação do dia-a-dia da empresa e clientes. Uma das maneiras mais efetivas e práticas é perguntar diretamente ao consumidor por meio de uma pesquisa de mercado. 

Quando a análise de viabilidade está voltada em inserir um novo processo na indústria ou trocar um insumo ou método de fabricação, nesse momento será necessário fazer uma pesquisa voltada para a parte financeira. Fazendo um orçamento, onde serão dimensionadas as ações que poderão ser tomadas. 

Planejamento Financeiro

Esta é uma das partes mais importantes na criação de um projeto. Afinal o principal objetivo de qualquer projeto em um empresa, de uma maneira ou outra, está ligada ao lucro. Nessa etapa deve ser estudado o capital inicial para o projeto,as variáveis necessárias para mantê-lo e qual o potencial de retorno.

Fazer um fluxo de caixa além de utilizar indicadores como:

  • TMA (Taxa Mínima de Atratividade): Rentabilidade mínima que fazer valer a pena escolher esse investimento comparado com outros de menos risco
  • VPL (Valor Presente líquido): Determina o valor presente de pagamentos a serem feitos descontando juros e taxas específicas, menos a Taxa Mínima de Atividade .
  • Payback: Em quanto tempo o investimento irá se pagar
  • TIR (Taxa Interna de Retorno): A rentabilidade do projeto.

Nesse caso para um projeto ser considerado válido economicamente a TIR deve ser maior que a TMA.

Como essas informações será permitido uma projeção dos possíveis lucros ou perdas, antes que qualquer decisão definitiva seja tomada.  Além disso, vale ressaltar a importância de considerar uma reserva para imprevistos na implementação do novo projeto.

Validação Técnica

A validação técnica varia bastante para cada projeto. Mas saber se será possível tirar a ideia do papel é uma dúvida universal no mundo da indústria.

Essa etapa está baseada na pesquisa de artigos e patentes e testes em laboratório ou in loco.Tendo a ajuda de especialistas e responsáveis técnicos experientes será possível verificar se uma ideia será realizável com os recursos tecnológicos existentes ou se será necessária desenvolver uma nova tecnologia para cumprir com objetivo.

Estudo da Fábrica

Atualmente a estrutura da fábrica permite que isso seja feito? O que impede a fábrica de implementar essa nova ideia? Precisa ser feita uma pesquisa para ser criado um novo produto? Serão necessários novos equipamentos para esse projeto? O número de funcionários será o suficiente? Será necessária uma capacitação? 

Enfim, essas e outras perguntas serão respondidas no momento em que a ideia do novo projeto já está mais concretizada. Provavelmente com uma visita ou um estudo mais aprofundado da situação atual da indústria.

Para concluir, podemos ver que a  inovação sempre tem um custo, e para que tal custo seja bem investido é necessário conhecimento detalhado de cada elemento envolvido no projeto.

Quando todas as informações forem reunidas e analisadas haverá mais segurança para implementar o empreendimento, além de já ter previsto e contornado diversos riscos e antes de concretizar a ideia.

Tem algum projeto na sua empresa esperando para sair do papel? Se interessou em fazer uma Análise de Viabilidade, mas não sabe como começar? Entre em contato conosco! A CATALISA possui o direcionamento ideal e pode facilitar muito esse processo para você!

Postagens Recentes

Deixe um Comentário