Pare de gastar com tratamento químico na água de resfriamento!

 em Produção
Sim! Tratamento químico para águas de resfriamento nada mais é do que um gasto que, ainda por cima, não acaba completamente com as incrustações nas tubulações e trocadores de calor.
 
Talvez você já tenha passado por isso (ou ainda passa). Você identifica problemas de incrustações nos trocadores de calor e em toda a aparelhagem de resfriamento do processo produtivo. Contrata uma empresa que, então, oferece um tratamento químico, contendo um tratamento inicial de choque para retirar todas as incrustações, e essa segue lhe vendendo os produtos químicos e a dosagem para minimizá-las. Em teoria, tudo segue bem. Entretanto, de tempos em tempos, ainda é necessário substituir trocadores de calor e realizar limpezas de choque na torre de resfriamento. Como solucionar essa dor, então?
 

O Porquê do Problema:

Antes de entender como resolver o problema das incrustações é necessário entender de onde ele surge. A incrustação nada mais é do que a formação de depósitos nas superfícies de troca térmica do sistema. O problema é decorrente da “água dura”, água com alto teor de sais como carbonato de cálcio e sulfato de magnésio. Essa substância faz com que impurezas sólidas se formem no interior do encanamento e nas paredes dos trocadores de calor, provocando entupimentos, troca de equipamentos e perda de eficiência energética.

Conforme a água resfria o processo, vapor é gerado (água pura no estado gasoso), mas as impurezas não evaporam e permanecem dentro da caldeira. Com a entrada de mais água com teor elevado de sais e a contínua geração de vapor, maior será a concentração das impurezas e, portanto, mais frequentes as incrustações.

Soluções sem produtos químicos:

Para resolver o problema das incrustações você precisará de um projeto bem elaborado de tratamento para a água de resfriamento. Alguns dos equipamentos que devem ser levados em conta na construção do seu sistema de tratamento são:

  • Filtros: Os filtros mais “grosseiros” como filtro de carvão ativado e filtro de areia são colocados em tubulações de água para reter impurezas maiores como pedras que foram puxadas do poço por uma bomba hidráulica. Eles retiram esses sólidos de maior porte do sistema e acabam protegendo os equipamentos mais sofisticados do seu sistema de tratamento.
  • Abrandadores de água: Um abrandador de água é um equipamento que promove o processo de troca iônica, ele possui resinas que substituem os íons dos minerais da água dura, como cálcio e magnésio, pouco solúveis em água, por íons de sódio, extremamente solúveis em água e que, portanto, contribuem para acabar com as incrustações.
  • Condicionadores Magnéticos: Os condicionadores magnéticos são colocados externamente à tubulação, eles emitem um campo magnético capaz de agir sobre a estrutura da calcita (forma mais comum do carbonato de cálcio) e transformam ela em aragonita, o que permite sua melhor dissolução na água.
Sofre com esse problema? Nós da CATALISA temos experiência nessa área e podemos ajudar você com preços a partir de R$ 12.000,00. Entre em contato conosco!
Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário